Mês da consciência negra: CEU Grande São Pedro terá várias oficinas afro

Foto: Sérgio Cardoso/PMV

O Circuito Cultural vai promover, neste mês de novembro, oficinas afro para celebrar o mês da consciência negra.

As atividades serão realizadas no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) Grande São Pedro, na Ilha das Caieiras.

As ações - todas gratuitas - acontecem a partir desta próxima segunda-feira (5). Para participar, basta chegar ao local no horário das oficinas.

Até 20 de novembro, os participantes poderão aprender a confeccionar bonecas Abayomi e brincos afro, a fazer desenhos e a contar histórias com a temática, além de técnicas de trança e turbante.

"Toda essa movimentação aqui no Circuito Cultural carimba ainda mais o pertencimento da comunidade atendida e todas as suas potencialidades", avalia Lena Cogo, coordenadora do Circuito Cultural.

Oficinas:

5 de novembro
Decoração do CEU
13h30 às 16h30
Oficineira: Jupiara Silva

6 e 8 de novembro
Oficina de Bonecas Abayomi
8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h30
Oficineira: Patrícia Gomes

12 de novembro
Oficina de Brincos Afro
13h30 às 16h30
Oficineira: Natália Nascimento

13 e 15 de novembro
Oficina de Desenhos Afro
8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h30
Oficineiras: Natália Nascimento, Jupiara Silva, Patrícia Gomes e Luzia Jacinto

19 de novembro
Oficina de Tranças e Turbantes Afro
13h30 às 16h30
Oficineiras: Natália Nascimento, Jupiara Silva, Patrícia Gomes e Paula Gomes

20 de novembro
Oficina de Contação de Histórias Afro
8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h30
Oficineira: Lu Gonçalves
O CEU fica na rua 23 de Abril, nº 35, na Ilha das Caieiras.

Sobre o DNA Urbano

É um Site especializado em Culturas Urbanas em suas mais variadas vertentes. Cultura Hip Hop e seus quatro elementos (Graffiti, Break, MC e DJ), Skate, Circo, Tattoo, Parkour, são temas comuns em nossas publicações.

Contato

Sugestões, Elogios, Dúvidas e Parcerias:

 

email
(27)999.918.819

Licença de Uso

Todo conteúdo do DNA Urbano é livre para reprodução, seja ela total ou parcial, para fins pessoais, comerciais ou educacionais, desde que citem as devidas fontes (nome do site, seguido do link do conteúdo em questão).

Manter os devidos créditos é também uma forma de incentivar o trabalho dos autores de conteúdo.

Top