Batalha do Real Traz Rashid de volta ao Rio de Janeiro

Evento será realizado no próximo dia 26, domingo.

A segunda etapa da Tradicional Batalha do Real promete incendiar o palco do Imperator com a disputa entre 16 Mc's vindos de diversas partes da metrópole carioca, grandes atrações e oficinas para a formação de novos artistas.

O grande show da noite traz ao Rio de Janeiro o elogiado álbum 'CRISE', de Michel Dias, o Rashid. O espetáculo é um manifesto em rima e batida de uma história de mais de dez anos que tem origem na periferia e hoje fala para o mundo todo. A obra traz a dicotomia entre o artista Rashid e o empresário Michel, que trabalham juntos para elevar o nível do rap nacional.

Após o sucesso do EP de estreia 'Hexagonal' e sair em turnê com os Titãs, Yas Werneck desembarca no palco da Batalha do Real com novos trabalhos, numa pegada boombap e trap recheada de novidades, como a recente 'Stop na Track' com Goribeatz e 'Abraça o Papo'.

Direto do Grajaú, o campeão da Temporada 2016 da Batalha do Real retorna ao evento dessa vez como atração: Xan descarrega em música o momento que viveu na BdR paralelo a uma correria para fazer dinheiro, que resultou no EP 'ÍNDIGO'. Suas participações em cyphers colecionam milhões de visualizações, como em 'Miragens' (1Kilo), 'Grito Crimes' (Grito Filmes), 'Balas em Versos' (Grito Filmes), 'Clube das Quina' (Aldeia Records) e 'Gárgulas' (A Banca Records).

Nos toca-discos, que são elementos fundamentais da tradição da Batalha do Real, os DJ's Pedro Dog, LP e Fabio Broa comandam o baile e também o ritual dos 45 segundos por round para cada MC.

Após incendiar a primeira etapa da Batalha do Real com direito a pocket show, roda punk e arrancar gritos da plateia contra o racismo e o machismo, a cerimônia fica novamente sob o comando de Uni-KA, conhecida no passado como 'Marcia 2pac', que acumula mais de 15 anos de história no rap carioca.

A segunda etapa da Batalha do Real vale pontos para a disputa do ranking 2018, que já tem seus quatro primeiros colocados: Oman (1º), Mateus Leal (2º), Adrien e MT (ambos em 3º).

Para disputar as batalhas, os MC's terão de cumprir dois critérios: participar das oficinas que começam às 14:30 e também vencer uma das seletivas: Duque de Caxias, São Gonçalo, Botafogo, Méier, Vila Isabel, Vila Kennedy, Santa Cruz, Centenário, São João de Meriti, Coelho Neto, Santa Teresa, Maria Paula, São Gonçalo e Gávea. O evento terá ainda um MC vindo de Brasília, pela Batalha do Museu.

As oficinas formam um percurso de 4 momentos na Sala Multiuso: 'História das batalhas' com Slow da BF; 'Português e Poesia' com Yassu Noguchi (15:00); 'Expressão corporal' com Sabrina Ginga (15:30) e 'Preparação vocal' com Marcos Lobato (16:00).

Após as oficinas, os participantes acima de 18 anos interessados poderão participar das eliminatórias que começam às 17h e disputar as vagas restantes para a segunda etapa da Tradicional Batalha do Real.


Serviço:
O que: Batalha do Real + Rashid -  2ª etapa 2018
Quando: Dia 26 de agosto (domingo) a partir das 15h
Maiores Informações: https://www.facebook.com/events/261498261101975/

Batalha Do Real

Shows:
- Rashid
- Gabriel Xan
- Yas Werneck

Apresentação:
- Uni-KA

DJs:
- Pedro Dog
- Fabio Broa
- LP

Oficinas

Local: Sala Multiuso
14:30 - História das batalhas com Slow da BF
15:00 - português e poesia com Yassu Noguchi
15:30 - expressão corporal com Sabrina Ginga
16:00 - preparação vocal com Marcos Lobato

Imperator
Rua Dias da Cruz, 170 – Méier - RJ
Funcionamento da bilheteria:
Terça e Quarta: 13h às 20h30.
Quinta a sábado: 13h às 21h30.
Domingo: 13h às 19h30.
Inteira R$40,00 / Meia R$20,00

Sobre o DNA Urbano

É um Site especializado em Culturas Urbanas em suas mais variadas vertentes. Cultura Hip Hop e seus quatro elementos (Graffiti, Break, MC e DJ), Skate, Circo, Tattoo, Parkour, são temas comuns em nossas publicações.

Contato

Sugestões, Elogios, Dúvidas e Parcerias:

 

email
(27)999.918.819

Licença de Uso

Todo conteúdo do DNA Urbano é livre para reprodução, seja ela total ou parcial, para fins pessoais, comerciais ou educacionais, desde que citem as devidas fontes (nome do site, seguido do link do conteúdo em questão).

Manter os devidos créditos é também uma forma de incentivar o trabalho dos autores de conteúdo.

Top