Bandas capixabas lançam trabalhos na Semana Internacional da Música

Foto: Heitor Righetti

André Prando e a banda Mudo vão fazer shows dos seus discos mais recentes em evento em São Paulo

A produtora capixaba Subtrópico é uma das convidadas para participar da sexta edição da SIM (Semana Internacional da Música), em são Paulo. Um dos maiores encontros da música na américa Latina, a SIM acontece durante os dias 5 a 9 de dezembro, e vai contar com 70 painéis colocando o novo mercado da música em foco e centenas de profissionais de todo o Brasil e do mundo. O evento também vai promover shows, palestras, debates, workshops, entre outras atividades que visam conectar as pessoas e estimular novas parcerias.

A participação da Subtrópico será a ocupação da casa colaborativa Fauhaus, no dia 7 de dezembro. A noite traz novidades da produção musical atual, com os shows de trabalhos recém lançados no segundo semestre de 2018, da banda Mudo com o EP "Não sei se soma ou ausência", e do André Prando com o álbum "Voador". A noite se completa com a apresentação do duo lusitano Lavoisier.

"A participação dos artistas capixabas nesse evento de nível internacional prova que a nossa produção está conectada com o cenário contemporâneo e é relevante o suficiente para fazer parte da SIM São Paulo", explica o Produtor Heitor Righetti. Para ele, a participação neste evento também é um passo importante para a Subtrópico, que completa 4 anos e já produziu cerca de 300 shows só com artistas com composições autorais.

Financiamento
Para bancar a participação dos artistas André Prando e da banda Mudo, a Subtrópico vai promover um show especial no dia 29 de novembro, às 19h, na Casa Subtrópico. Toda a verba do evento (bilheteria e bar) tem a finalidade de custear a ida das bandas para tocar na Noite Subtrópico, na Semana Internacional de Música. Ao comparecer no evento, você contribui para as produções e os shows dos músicos atingirem relações construtivas com outras pessoas e lugares.

As atrações:

André Prando
Em 2014, André Prando lançou o enigmático EP ˜Vão˜. Um ano depois surgiu ˜Estranho Sutil˜, seu primeiro disco cheio, com o qual rodou o Brasil em diversos palcos, entre alguns o MADA (Natal -RN), Festival Se Rasgum (Belém-PA), Fábrica.Lab (Vitória - ES) e Psicodália (Rio Negrinho-SC). Natural de Vitória, o artista se joga agora em ˜Voador˜ - seu próximo disco de inéditas, com produção musical de Jr Tostoi (Lenine) e Henrique Paolli -, realizado via uma campanha de financiamento coletivo.

Mudo
(re)Construir memórias afetivas através da ausência, expressar fragilidades e sentimentos em profundos mergulhos. Mudo, duo formado por Gil Mello e Pedro Moscardi, apresenta o recém lançado EP ˜Não sei se soma ou ausência˜, buscando aproximar afetos e diminuir distâncias.  

Lavoisier
"Toda a gente tem uma opinião", diz o primeiro verso do primeiro single de 'É Teu', o novo disco dos Lavoisier. É com esta simplicidade e coragem que tratam a palavra, é assim a fantasia pop em que mergulham Patrícia Relvas e Roberto Afonso. Manejar a língua portuguesa é isto, interpretá-la com esse encanto mesmo dizendo o óbvio. Aqui a tradição revisita-se com um charme fora de comum. O classicismo virado do avesso, nunca deixando as raízes do tal folclore.

 

Serviço:
O que: Show de André Prando e Mudo
Quando: Dia 29 de novembro (Quinta-feira) - às 19h
Onde: Casa Subtrópico. Rua Coutinho Mascarenhas, Nº 55, Bairro Centro, Vitória- ES
Quanto: R$ 20,00 (portaria)
Maiores Informações: https://is.gd/gT955N

Sobre o DNA Urbano

É um Site especializado em Culturas Urbanas em suas mais variadas vertentes. Cultura Hip Hop e seus quatro elementos (Graffiti, Break, MC e DJ), Skate, Circo, Tattoo, Parkour, são temas comuns em nossas publicações.

Contato

Sugestões, Elogios, Dúvidas e Parcerias:

 

email
(27)999.918.819

Licença de Uso

Todo conteúdo do DNA Urbano é livre para reprodução, seja ela total ou parcial, para fins pessoais, comerciais ou educacionais, desde que citem as devidas fontes (nome do site, seguido do link do conteúdo em questão).

Manter os devidos créditos é também uma forma de incentivar o trabalho dos autores de conteúdo.

Top