Abertura da Exposição UJUZI

Coletivo UHURU une Graffiti e linguagens ancestrais africanas.

A iniciativa UJUZI é um projeto idealizado e elaborado pelo coletivo UHURU*, representado pelos artistas Adelson Boris, Johnson Sudre, Luhan Reis, Mina Ribeiro, Nega Suh e Starley  na curadoria, que tem como motivação a proposta de aproximar o público das principais linguagens ancestrais africanas, através da essência da arte de rua, mais especificamente o Graffiti, desenvolvido por meio da tecnologia digital, artes plásticas, simbologias africanas e linguagens multimídia.

Utiliza o conceito de comunicação ancestral através da pictografia africana, proporcionando o conhecimento e o ato de comunicar numa perspectiva ancestral e cultural, como estratégia de poder e intervenção digital em torno da cultura africana e afro brasileira.

Sobre o Coletivo UHURU

O Coletivo UHURU trabalha a linguagem artística com base na arte de rua – mais especificamente o graffiti com foco na representatividade do povo negro, usando simbologias de África, pois acredita no poder da imagem como ferramenta de comunicação. O Coletivo UHURU tem representantes em várias regiões do Brasil, e conta, neste projeto, com os artistas do Espírito Santo, Pará e Recife.

Serviço:
O que: Abertura da Exposição UJUZI
Quando: Abertura dia 9 de maio (quinta)
Visitação: Até 17 de julho de 2018 - Terça a sexta: de 13h às 18h e  Sábado: de 10h às 14h
Onde: Mucane - Museu Capixaba Do Negro - Av. República, nº 121- Centro, Vitória/ES
Quanto: Gratuito
Classificação: Livre
Facebook: https://goo.gl/XZNerN

Sobre o DNA Urbano

É um Site especializado em Culturas Urbanas em suas mais variadas vertentes. Cultura Hip Hop e seus quatro elementos (Graffiti, Break, MC e DJ), Skate, Circo, Tattoo, Parkour, são temas comuns em nossas publicações.

Contato

Sugestões, Elogios, Dúvidas e Parcerias:

 

email
(27)999.918.819

Licença de Uso

Todo conteúdo do DNA Urbano é livre para reprodução, seja ela total ou parcial, para fins pessoais, comerciais ou educacionais, desde que citem as devidas fontes (nome do site, seguido do link do conteúdo em questão).

Manter os devidos créditos é também uma forma de incentivar o trabalho dos autores de conteúdo.

Top