MV Bill lança videoclipe da música ''Quarentena'', sobre o CoronaVírus

A música é praticamente uma cartilha sobre o COVID-19 e vale muito a pena ver e ESCUTAR o que é dito.

MV Bill sempre se posicionou através de mensagens, seja através do RAP ou não, sobre os assuntos que dominam nosso país. Dessa vez não foi diferente e ele descreveu tudo que está acontecendo no Brasil, inclusive nas favelas, por conta da nova rotina que nosso povo deve ter nos tempos atuais. Obviamente, o discurso não se limita a informações sobre como se comportar em relação ao vírus, seja em relação a própria higienização ou com a quarentena propriemante dita. MV Bill bate de frente com o que o governo defende (segundo ele, o vírus é apenas uma ''gripezinha'') e também de como os defensores (gado) do ''mito'' são facilmente manipulados por falsas informações e fortalece a disseminação da doença. 

O vídeo já ultrapassou 200 mil visualizações no Youtube, em menos de 48 horas de lançado. Esse é um vídeo que TODO brasileiro deveria ver e dar a devida atenção. Isso mostra que o RAP ainda tem um papel fundamental no que diz respeito a informar a população sobre diversos temas pertinentes a todos. Assista, escute e compartilhe!

Hoje (29/03), o Brasil conta com 4.256 infecções e 136 mortes causadas pelo COVID-19 e especialistas alertam que o pico de contaminação será entre abril e maio, o que reforça ainda mais a necessidade de se manter isolado, com o mínimo de contato possível, com outras pessoas.

 

Direção e imagens: MV Bill
Música: MV BILL
Produção Musical: Mortão
Montagem e edição: Rodrigo Felha & Jefferson Teófilo.
Escute, baixe ou faça o stream no link: https://ONErpm.lnk.to/MVBillQuarentena

A música e o vídeo foram gravados pelo próprio MV Bill, dentro de seu apartamento, na zona oeste do Rio de Janeiro, próximo à Cidade de Deus, em função do isolamento social sugerido pela Organização Mundial da Saúde.


Letra:

MV Bill tá em casa!
Cuide-se
Proteja-se
Tempos difíceis
A Organização Mundial de Saúde avisou
Fizeram pouco caso
Chefe de Estado minimizou
Demorou
Perderam tempo com coisa que não interessa
Quem tem noção do vírus tá com medo,
tá com pressa, sei
Incompetência vem na frente sim
Se dependesse deles a epidemia não teria fim
Presos na inércia
É cada um por si, a cena é essa
O fim de tudo para alguns é quando tudo começa
Sei, com povo gado é mais fácil levar de lambuja
Lavaram as mãos mas a boca continua suja
Alguém avisa pra esses “cara”
Que a gripe é mundial
E a cada dia o número de infectados dispara
As ruas estão vazias
Assim que tem que ser
Marcar uma temporada em casa se quiser viver
Só sair em situações especiais
Pra comprar itens considerados essenciais
Na favela, pra nós a COVID é diferente
As casas não são grande e geralmente muita gente
Aglomeração inevitável
Alguns lugares ainda não tem água potável
Se cuida aí
Ih, que vai faltar espaço na UTI
Se a gente não fizer o certo pra se previnir
Lavando bem as mãos evitando toque na mucosa
O bagulho é sério não tem cura milagrosa
Pois bem não tem plano de contingência
Alguns vão se contaminar por conta dessa negligência
Outros vão pegar por conta da ignorância
Liderança que se perde se acha na arrogância
Você! Se ligou que o Corona deixa na lona
O estrago veio à tona
O mal contamina a cada esquina
Mais sério do que se imagina
Só faz a sua parte que eu faço a minha
Não pense que é só uma gripezinha
A guerra é grande pra uma mente tão pequena
O mundo tá parado e a gente tá de quarentena
O cuidado é nosso para não pagar com a vida
Covarde do Covid o capiroto te convida
A sua máscara caiu, caiu, caiu
E todo mundo viu
O mal é contagioso mas o bem é contagiante
Lá na frente a gente se vê...ou não
Fé em nós
Original Rap Nacional