Suspeitos na Mira Celebra

Um dos principais grupos de RAP do Espírito Santo, comemora 24 anos de atividade.

No dia 03 de Junho de 2017 no Teatro Carlos Gomes, Vitória – ES, haverá um evento de comemoração de 12 anos do álbum Perigo Iminente e 24 anos do Grupo Suspeitos na Mira. O Evento contará com diversas ações e participações especiais de artistas e poetas.

O Grupo Suspeitos na Mira surgiu no ano de 1993 na Grande Vitória a partir do encontro de Edson Sagaz, Dudu do Rap e L Brau, e desenvolve um estilo próprio retratando a realidade das periferias do Espírito Santo. De 1993 a 2016 o grupo já lançou diversos singles, participou de diferentes coletâneas pelo país e gravou um álbum em vinil e dois cds. O Show de comemoração terá em sua apresentação, musicas inéditas, novos beats e instrumentais. Como convidados Mcs, Djs, Rappers, B. Boys e B. Girls atuantes na cena estadual.



Este evento marca uma nova fase do grupo com a gravação do primeiro DVD Suspeitos na Mira Ao vivo.
Além do show o publico irá conferir uma programação composta por intervenções artísticas na área externa e interna do teatro, exposição de carros antigos e projeção mapeada. Também haverá Pré-Lançamento e exibição do documentário que registra com imagens e documentos históricos sobre o grupo e o movimento hip hop no estado, além de exposição fotográfica da trajetória do grupo.

Sobre o Suspeitos Na Mira:

Fins dos anos 80, o hip hop agitava o cenário cultural das periferias capixabas. Grafiteiros coloriam os muros, DJs e MCs comandavam o som e os B-boys contagiavam com o break dance.  Eis que três ativistas culturais envolvidos com todo esse universo decidem se juntar e formar um grupo de rap que marca a história do hip hop capixaba. A partir de 1993, a parceria entre Sagaz, L Brau e Dudu du Rap passa a ser conhecida como Suspeitos na Mira,  indicando desde o nome a crítica que o grupo faz aos estigmas policiais e sociais contra os jovens negros e periféricos. As batidas potentes e letras ferozes retratam a realidade dos bairros populares do Espírito Santo.

“A vez da palavra”, primeira canção gravada, o grupo conquista seu espaço no cenário local e nacional em diversas apresentações. Com composições autorais e propósito de apresentarem a realidade do cotidiano da periferia, favelas, morros e comunidades populares o grupo mescla suas letras e rimas ao linguajar popular com forte apelo sócio-político, com o objetivo de atingir a massa e lutar por dias melhores. No ano de 1996 participam com a música “Olho por olho” da 1ª coletânea de rap do estado intitulada Tributo a Zumbi de Preto pra Preto, publicada em vinil.

O som que conquista os amantes do rap e da música em geral culmina na gravação do disco “Perigo Iminente”, distribuído pelo selo independente “BSP” (Bicho Solto Produções), que chega ao mercado no início de 2005, reunindo tantos anos de trabalho do grupo.
Em 2017, o Suspeitos na Mira traz uma nova versão de “Perigo Iminente”, que aparece em versão remasterizada e remixada relembrando o disco histórico e os anos de carreira do grupo. 19 faixas com nova leitura e uma canção inédita (“Balanço Malandro Magrelo”), contando com diversas participações especiais, como Adikto, Shimú, J3, Mente Ativa, Missão Urbana, Leprechal, Aliado J, Sammuca 05, Cyborg, Milton Estevam, Rodrigo RG e Talyta-RJ, além de produções dos DJs Erick Jack e Renatos Cesar.

Discografia:
1996 – Primeira coletânea de rap capixaba em vinil (Tributo a Zumbi de Preto pra Preto) Música “Olho por olho”;
1999 – CD Demo “Essa é a Sina” - 6 faixas;
2000 – Participação no CD de Renegrado (O fim);
2001 – Participação na Coletânea “Falha do Sistema” – Faz parte de nossas vidas;
2002 – Participação no CD Festival Dia D Ao Vivo, com a música “Faz parte de nossas vidas (ao vivo)”;
2004 – Participação no CD do grupo NegritudeAtiva, na música “A Ferida da Favela”;
2004 – EP “Porta voz” com 3 músicas;
2005 – Participação no CD de Milton Estêvam na música “Reciclagem Sonora”;
2005 – Álbum em vinil “Repressão”, com 10 faixas
2005 – Álbum “Perigo Iminente”, com 20 faixas.
2006 – Participação no CD do MC Adikto “Discípulo sem cerimônia”, com a música “Uma onda que num passa”.
2007 – Participação na coletânea nacional Nação Hip Hop Brasil, com música “Socialismo ou Barbárie”.
2008 – EP Stereo Dubs Mix Tape, com a música “Ritos”.
2013 – Participação na coletânea Nacional 8 anos de Nação Hip Hop Brasil com duas faixas: “Uma só Nação” e “Conexão Hip Hop SP, RS, ES”.
2017 – Paticipação na coletânea nacional 12 anos de Nação Hip Hop Brasil com a música “Contágio (Remix)”. O grupo ainda lançou dois videoclipes do single “Convoco” e “ Bandido da Música”, contando com mais de 20 mil visualizações no Youtube.

FICHA TÉCNICA – Relançamento do disco “Perigo Iminente”:

Produção Executiva: Bicho Solto Records, Produzido por Luciano Adriano para (B.S.P) & Gravado por DJ Criolo Anderson Baptista na BICHO SOLTO PRODUÇÕES em Serra – ES.
Coordenação de Letras: DuRap, Sagaz & L.Brau
Colagens e Rabiscos: DJ´s Ld fli, Dandão e Eric Jack
Direção Musical: Luciano Adriano, Mixado e Masterizado por DJ Criolo no Estúdio 03-ES.
Projeto Gráfico: Explano
Fotos: Bruno Miranda
Cabelos Afro: Pandora
Capa: Família Augusto e os moleques da Rua 13 de Maio, Bela Aurora - Cariacica.

Músicas: 01. Perigo Iminente; 02. A onde tão nóis; 03. Narrativa _rmx; 04. Efeito Criador; 05. Caraloco; 06. Ipanema Parati_ rmx; 07. O Suspeito; 08. Bicho Solto; 09. Repressão_ rmx; 10. Onze de Novembro _ Interlúdio; 11. Trilha Certa; 12. Quem me dera; 13. O rap Ticomoda, 14. Só os locos; 15. A Banca é Bicho Solto; 16. Dono da Pista; 17.  Miolo mole; 18. Porta-voz_ rmx; 9. Balanço malandro magrelo; 20. Hô lugar.


Serviço:

O que:  Suspeitos na Mira Celebra
Quando: Dia 03 de junho (Sábado) - 18h às 22h.
Onde: Teatro Carlos Gomes ES - Praça Costa Pereira, 25, Vitória/ES
Quanto: Gratuito
Facebook: https://goo.gl/2cAxFD

Nossos Parceiros

Sobre o DNA Urbano

É um site que cria uma interlocução direta com seu público e com projetos culturais da cidade que tenham entre suas atribuições a valorização e o fortalecimento das culturas juvenis urbanas.

As RUAS, nas REDES...
Somos Mídia Livre!

Contato

Sugestões, Elogios, Dúvidas e Parcerias:

 

email
(27)999.918.819

Licença de Uso

Todo conteúdo do DNA Urbano é livre para reprodução, seja ela total ou parcial, para fins pessoais, comerciais ou educacionais, desde que citem as devidas fontes (nome do site, seguido do link do conteúdo em questão).

Manter os devidos créditos é também uma forma de incentivar o trabalho dos autores de conteúdo.

Top Cron Job Iniciado